sexta-feira, fevereiro 09, 2007

My Fair Lady - (Minha Bela Dama)

"The rain in Spain stays mainly in the plain"

Sabe qual é a melhor coisa dos musicais antigos ???
Eles eram bobinhos... e grandiosos !
Esse aqui tem uma das histórias mais batidas do universo embalada numa produção impecável...
Direção de arte, figurinos, maquiagem, duração.... tudo é exageradamente pomposo.
Audrey Hepburn é uma graça (mesmo sendo dublada).
E todo elenco funciona (Rex Harrison até ganhou um oscar, injusto por sinal!)
As canções são extremamente belas, com total destaque para "Wouldn't It Be Lovely" !!!
...
Saudoso !

Nota: 8,5

8 comentários:

Otavio Almeida disse...

Maravilha de filme! Do tempo em que faziam filmes de verdade e musicais não eram essas "coisas" de hj.

Mas sou suspeito para falar sobre Audrey Hepburn...

Abs!

Vinícius P. disse...

Os musicais eram meio bobinhos mesmo naquela época. Gostei por causa da Audrey Hepburn, mas já vi filmes do gênero bem melhores. O Oscar para o Rex Harrison é mais um da lista de prêmios inexplicáveis da Academia. Nota: 8,0

Leonardo Pereira disse...

Nunca vi um musical tão antigo assim. Aliás, não era muito fã de musicais, mas depois do maravilhoso Moulin Rouge, não teve como não me apaixonar por eles. Por isso associei tudo nessa sua resenha, como se fosse no Moulin Rouge. Técnica perfeita, atuações excelentes. Nicole Kidman como a Audrey, e um oscar injusto pri Jim Broadbent ou Ewan McGregor, não sei..

Tudo bem, pode dizer, sei que eu viajei. Hehehehehe
Abraço!!!

BiaNi LuNa disse...

Audrey Hepburn bota muitissimo quente ;D
Tudo era tão mais lindo...
Mas nunca que eu queria viver nessa época, mesmo com tantas pompas =D

Rodrigo Azevedo disse...

Sou suspeito para falar de Audrey Hepburn. Mesmo assim, sou dos poucos que dela preferem Quando Paris Alucina. Considero o filme excepcional.

Alex Gonçalves disse...

Saudade dessa época que filmes bobinhos eram extremamente perfeitos. Ainda não vi My Fair Lady, mas pretendo assistir em breve, pois trata-se de um clássico hiper aclamado!

André Gonçalves disse...

ah, a audrey hepburn nao existia. era virtual.

Anônimo disse...

Aprendi muito