quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Burlesque

"It's a passion, an emotion, it's a fashion, Burlesque"

Inofensivo!
A história é boba (como é de costume entre os musicais), as músicas não atrapalham, e as protagonistas cantam muito bem!
Mas faltaram requisitos básicos para se tornar um bom musical: interpretações decentes (Cher seria a melhor se não fosse a inexpressividade facial do seu botox) e coreografias elaboradas (a maioria são Zzzzz).
A fraca direção de Steve Antin piora ainda mais o resultado.
Mas repito, não ofende e nem maltrata a inteligência de ninguém!


Nota: 5,5

6 comentários:

Quéroul disse...

nem mesmo a Aguilera???
eu acho ela ofensiva, sabe... sua existência é ofensiva. :P

Victor Nassar disse...

Cara, eis um filme que não me anima assistir. Cher e Aguilera como protagonistas me é ofensivo também. :S
Não veremos.

gustavo disse...

Gente é bobinho e dispensável como qualquer filme mal feito!
Mas era essa intenção mesmo! Ser bobinho!
Pior é assistir a um filme idiota que pretende ser algo próximo de uma obra-prima!
E Aguilera canta bem no longa!

Alex Gonçalves disse...

"Mas repito, não ofende e nem maltrata a inteligência de ninguém!"

Gustavo, é melhor admitir que você gostou!

E eu até verei por se tratar de um musical, mas a combinação Christina Aguilera + diretor de "A Casa de Vidro 2" não é nem um pouco convidativa.

fabiana disse...

Eu tenho vergonha de dizer que gosto da Tia Cher, sabe... mas, Aguilera não dá pra engolir!

Mateus Selle Denardin disse...

Hahaha! 'Inofensivo' foi justamente a palavra que usei ao terminar minha resenha sobre o filme. Descartável e esquecível são outras que também cabem muito bem.