domingo, agosto 31, 2008

Onde os Fracos Não Tem Vez

“Os crimes de hoje são difíceis de compreender"


O vencedor do oscar de 2008 pode até não ser o melhor filme do ano (e não é mesmo), mas é de longe o que possui os melhores diálogos.
Possui também atores absurdamente submersos (Tommy Lee Jones, Javier Bardem e Josh Brolin) e um final (dúbio) que me deixou com um baita sorriso no rosto...
Gostei muito...
E fiquei espantado por ter vencido um prêmio tão conservador!

Nota: 8,0

6 comentários:

Wallace Andrioli Guedes disse...

Tá, talvez não seja o melhor do ano, mas tá pau a pau com o Sangue Negro ... obra-prima ! Merecia uma nota maior ...

Vinícius P. disse...

Tenho uma opinião semelhante. Ficou aquém do esperado por mim (está longe mesmo de ser o melhor do ano), mas tem alguns aspectos geniais.

Alyson Cadossant disse...

Perfeito tecnicamente e com um roteiro lento, mas com emoção.

Wally disse...

Denso filme que me assombrou completamente. O show de direção dos Coen é hipnotizante e as atuações, idem. Um grande filme de se espantar mesmo por ter vencido o principal prêmio no Oscar. Fosse há 10 anos atrás, o vencedor teria sido o (melhor, na minha opinião) Desejo e Reparação. Mas nenhum supera a magnnitudade de Sangue Negro, soberbo.

Nota 9,5

Ciao!

Robson Saldanha disse...

Nota e comentários justíssimos, achei a mesma coisa!

sam drade disse...

perfecto!