terça-feira, março 11, 2008

Retratos de Família

"Eu não sei o que ele está pensando."


Presos num lar infeliz.
Como vencer a monotonia ?
Como receber um sopro de motivação sem transparecer infelicidade.
Ashley (uma Amy Adams inesquecível) nocauteia Madeleine com perguntas sobre tudo.
Busca, entusiasmada, um alento.
Ela irradia vida - sorrindo com os olhos mais tristes (e desesperadores) já mostrados no cinema recente- num ambiente atolado em desânimo e melancolia...
Belíssimo.

Obs: Só não gostei do trabalho de direção do Phil Morrison, mas nada que chegue a comprometer o resultado... Roteiro e elenco estão em perfeita sintonia.

Nota: 8,0

2 comentários:

Matheus Pannebecker disse...

Eu acho ''Retratos de Família'' um filme mediano, mas que conseguiu me satisfazer por causa do ótimo elenco. Com destaque, é claro, para Amy Adams, que ilumina cada cena em que aparece...

Vinícius P. disse...

Fiquei extremamente encantado com a Amy Adams nesse filme. Aquela cena no hospital (na qual conversa com o marido ao telefone) é uma das mais emocionantes que já vi.