quinta-feira, maio 03, 2007

Cenas Dilacerantes.... vol. 4

"Ele está armado!!"


Aquele final.... aquela última cena... aquela despedida... aquela puta injustiça... aquele nó na garganta... não! Aquele mundo não era perfeito...



"I Love you"


Era apenas mais uma declaração de amor, linda e original como nenhuma outra...




"Acabou ! Acabou!"


No fim, o sertão vira mar e trasnforma o filme numa melancólica poesia.. belíssimo!



"para nunca mais esquecer..."



Sem palavras. Ninguém sabe o quanto essa cena é significativa para mim... Extremamente inesquecível!



Filmes citados: Um Mundo Perfeito, Simplesmente Amor, Abril Despedaçado, As Virgens Suicidas

continuo depois...



12 comentários:

Mike disse...

ok, o q vc achou bom no As Torres Gêmeas ?
Não vale dizer o cenário da destruição... hunf! ehehhee

saiu os melhores lá no meu blog viu!
da uma conferida !

Gostei dessas cenas comentadas, qro mais !

se vc tiver, me add no msn, palavrasblog@hotmail.com, gostaria de teclar mais com vc, abração!

Otavio Almeida disse...

Caramba, UM MUNDO PERFEITO. Faz um tempão que eu vi. É maravilhoso, não? Preciso rever...

Abs, e bom final de semana!

OBS: Tem crítica de HOMEM-ARANHA 3 lá no blog: www.hollywoodiano.blogspot.com

sam drade disse...

gosh, tu gastava telefone desse jeito?heohehoeohehohe

Vinícius P. disse...

Putz, desses filmes só vi "Simplesmente Amor". Essa cena é dilacerante mesmo, até chorei, hehehe (o filme é excelente, por sinal). Espero ver "As Virgens Suicidas" o mais rápido possível.

Abraço!

Anderson disse...

Essas cenas mostram que, se o cinema não é maior que a vida, pelo menos tem um roteiro bem mais interessante.

Mariana - BH disse...

Olá Gustavo. achei teu blog um dia por acaso. e depois disso sempre venho dar uma conferida.
adorei aqui, sempre posts interessantes.

sobre essa cena de "As Virgens Suicidas", nossa inesquecivel esse filme, uma cena que sempre vou guardar dele é aquela que estão todos no carro, no final do filme.
sempre me lembro dela.

até mais, Beijo.

Roberto Queiroz disse...

Abril Despedaçado é o dilaceramento em forma bruta. Recomendo a leitura do livro do Ismail Kadaré. O Mundo Perfeito também é bárbaro! Por incrível que pareça, ainda não assisti As Virgens Suicidas (sempre que vou na locadora alugá-lo, acabo levando outro filme). Pretendo vê-lo urgentemente.

(http://claque-te.blogspot.com): O Informante, de Michael Mann.

Wanderley Teixeira disse...

Adoro esta cena de Simplesmente Amor.E Abril Despedaçado,um dos melhores exemplares nacionais,para mim,termina de forma belíssima.Perfeito.

Felipe Nobrega disse...

Estava vendo seu comentário sobre Filhos da Esperança, acho exatamente a mesma coisa. Um filme apenas razoável, e que de bacana mesmo só tem a fotografia como vcv bem falou e um simpático Michael Caine.
Abraço!

Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Gusta-me!

Ainda aqui, mas com a voz abafada.


Sim: Eu quero L-E-R "Virgens Suicidas", tá?!

€aµ disse...

A melhor e mais perfeita cena de amor... "Simplesmente amor" é tudo sobre um amor que nems empre é doce, nem sempre termina com 'viveram felizes para sempre', mas mesmo assim é o amor.
Beijo

Aloisio de Schueler Junior disse...

Gustavo parabéns pelas excelentes escolhas das cenas dilacerantes mas iguais as de " Simplesmente Amor" e a imbatível "As virgens suicidas" não tem igual foi demais,por falar nesse filme vc sabe o nome da primeira música desse clip, inclusive há alguns dias atrás perguntei ao Ruy se ele conhecia e sabia o nome dela.
Mais uma vez Parabéns !!!!!!