sexta-feira, janeiro 21, 2011

Cisne Negro

"I felt it. Perfect. I Was perfect."


A obsessão pela perfeição.
Darren Aronofsky fez uma trabalho brilhante ao contar a história da bailarina Nina Sayers (Natalie Portman, perfeita em cada respiração) mesclando o real e o imaginário  com altas doses de angústia e terror.
É um retrato profundo de uma personagem em busca de identidade, sexualidade, aceitação... perfeição.
Sublime!

Nota: 9,0

6 comentários:

Amenar disse...

Esse filme é fantástico, sem dúvidas. Natalie Portman em sua melhor atuação juntamente com a sua de Closer.

Os 20 min. finais são sublimes.

Wallace Andrioli Guedes disse...

Filmaço mesmo. Perturbador e triste, com uma atuação estupenda da Portman. Cada vez gosto mais do cinema do Aronofsky.

Victor Nassar disse...

Fantástico!!! Perturbador como a obsessão de Portman!!
Uma pequena coisinha me incomodou apenas, a "homenagem" à "O Lutador". Fora isso, filmaço!!!

9,0

SAMUEL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SAMUEL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SAMUEL disse...

Imaginei, reapresentei... Muito bom, mesmo!!!