quinta-feira, dezembro 10, 2009

2012

"Como preparar seis bilhões de pessoas para o fim do mundo?"

Me divertir muito.
Ri nas horas mais dramáticas.
Fiquei atordoado nas cenas de destruição, aliás, os efeitos especiais beiram à perfeição.
Mas como em quase todo filme desse gênero, e em especial, os do diretor Roland Emmerich, o roteiro é um INSULTO!
Mas quem se importa, não é mesmo?
Eu, dessa vez, não dei a mínima!

Obs: eu nunca aceitaria um papel de coadjuvante nas obras de Emmerich! Nunca!

Nota: 7,0

7 comentários:

Dr Johnny Strangelove disse...

Sabes aqueles filmes que tento mas não consigo achar a palavra diversão ... se reside nesse filme. Um dos piores do ano facil facil. Mas pelo menos é de se comemorar um fato, que é melhor do que 10.000 AC mas mesmo assim doi em ver cachorro não morrendo em situação impossivel ...

gustavo disse...

uhuahauhauhauhauaha
dói mesmo!!!

Wally disse...

Palavras perfeitas. Concordo em gênero, número e grau.

Dr Johnny Strangelove disse...

Em filme de Emmerich o mundo acaba ... mas totó não morre ...

cineamador disse...

Também sou culpado. Pra quem gostou de "Armaggedon" como eu...

samdrade disse...

uiuiui!

Wallace Andrioli Guedes disse...

Pois é, acho que eu também ia me divertir, mas por falta de tempo, acabei dando prioridade a outras estreias - até porque estava no Rio, e lá estreiam bem mais filmes do que em minha humilde cidade. De qualquer forma, não morrerei se esperar pelo dvd.
Ah, e eu também não aceitaria um papel coadjuvante num filme do Emmerich de jeito nenhum! rs.