quarta-feira, março 18, 2009

Frost/Nixon

"..I'm sorry?"

O melhor duelo de interpretações do ano passado.
Frank Langella e Michael Sheen valorizam cada momento, e a cena em que Nixon telefona, no meio da noite, para Frost é devastadora!
Nem mesmo o limitado diretor Ron Howard conseguiu diminuir o brilho do roteiro de Peter Morgan!
É o tipo do filme bem produzido, mas dirigido no piloto automático.
Mas mesmo assim, recomendo.


Obs: Nas mãos de um Paul Greengrass seria um filmaço.

Nota: 7,5

2 comentários:

Matheus Pannebecker disse...

Eu jurava que ia morrer de tédio nesse filme! Foi o contrário, Michael Sheen e Frank Langella tornaram "Frost/Nixon" um filme muito instigante!

Vinícius P. disse...

Apesar do Ron Howard ser um diretor bem meia-boca, acho que "Frost/Nixon" é seu trabalho mais maduro.