domingo, dezembro 09, 2007

Últimos Dias

"Nevermind"

O que podemos esperar de alguém que desistiu de viver ?
Frases sem sentido, fatos sem importância, festas sem propósitos...
O nada vira poesia em um longa que mostra (novamente) o quanto Gus Van Sant é genial !
Um belo relato de uma vida vazia.

Obs: Michael Pitt está simplesmente brilhante ! E a cena final é uma das mais belas que vi esse ano.

Nota: 8,0

7 comentários:

Victor Nassar disse...

Gus Van Sant consegue ser fantástico mesmo!
Não vi o filme, mas isso deve ser corrigido em breve!

Abs!

Otavio Almeida disse...

Jura que esse filme é bom? Vou assistir, então. Gosto do Nirvana, mas não tanto do Gus Van Sant... mas vou conferir.

Abs!

Wallace disse...

Curioso que, quando vi Last Days, esperava um filme tradicional sobre os últimos momentos do Cobain (ou quase ele) ... e só lá pelo meio do filme que me dei conta de que aquele era um filme do Gus Van Sant e que nada teria de tradicional ali. Acho um filme um pouco difícil, que passa longe do brilhantismo de Elefante mas que também possui méritos enormes (o Pitt é um deles).
Postei no blog sobre Leões e Cordeiros e Os Donos da Noite. Dá uma olhada lá ...

Wiliam Domingos disse...

Acho que Gus Van Sant é um dos cineastas mais complexos e incompreendido que temos atualmente!
Vou assistir Gerry amanhã...tenho a sensação de que será um filme tão denso e difícil como Last Days...q ainda não vi!
abraçço!

Alex Gonçalves disse...

Sinceramente, achei um filme patético. Mas há espectadores que conseguem tirar muitas coisas de um trabalho que classifico como frio e vazio.

Wanderley Teixeira disse...

O q mais me impressiona nesse filme é a atuação de Miachael Pitt, um exercício e tanto para um ator.É um trabalho mais estilizado do Van Sant, menor do q Elefante por exemplo, mas ainda assim original.

Wally disse...

Resumiu bem o filme. Achei maravilhosamente meticuloso. A cena final assombrou e o filme toda hipnotiza, envolve. É inquietante de maneiras dificeis de explicar.

Nota 8,0