quarta-feira, abril 04, 2007

Borat

"No meu país é tradição comer queijo quando se inicía uma conversa.
(...)minha esposa fez este queijo.
Ela fez com o leite das própias tetas."

Uma longa piada de 84 min.
Tem lá sua graça... apesar dos exageros.
E tudo é sustentado pelo talento impressionante do Sacha Baron Cohen...
Ah..
Reparem na cena de luta mais grotesca da história do cinema !!!!!


Nota: 7,0 (Acho que no fundo o problema não é com o filme...eu é que sou chato!)


8 comentários:

Vinícius P. disse...

Cara, mais uma vez concordamos (putz, que gostos parecidos!). Pessoal, não tenho nada contra o filme, ri em alguns momentos, mas é mesmo um tanto exagerado - a luta principalmente!

Também sou chato! Nota: 6,0

Igor disse...

Como assim "reparem"? Até parece que poderia passar despercebido! :)

Quando vi pela primeira vez achei um filme 7,0, mas na segunda dei nota 10 sem pensar duas vezes.

Paulo Afonso disse...

Brilhante! =X ;p

Matheus Pannebecker disse...

O filme é chato. A piada é esticada demais, e o filme só não cai na tragédia por causa do excelente Sacha Baron Cohen.

NOTA: 6.5
** 1/2

André Gonçalves disse...

vou ver hoje, e depois te conto.
amanha ou segunda falo sobre 300.

abraço, boa pascoa

Alex Gonçalves disse...

Gostei bastante da comédia, pelo seu humor diligente e originalidade. Acima da média, só não perfeita por tomadas indefinidas (você não sabe se deve cair no riso ou ficar constrangido de ver tanta vulgaridade).

antonio disse...

morri de rir... acho que sou bobo!

dits-dits-dits disse...

Chaato..kkkkkkkkk :p
(brincaaando..nooooot) :D